Pais do Leão

Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB1 O Leão de Arroios

CML mente como forma de “concluir” obras

Deixe um comentário

Depois da Assembleia Municipal de Lisboa ter aprovado uma recomendação dirigida à Câmara Municipal de Lisboa para que fossem resolvidos vários problemas na escola EB1 – Leão de Arroios – chega-nos agora a resposta da CML à mesma recomendação.

 

Afirma a CML que o Plano de Segurança continua em fase de conclusão. Afirmam também que as obras na escola forma dadas como concluídas, nomeadamente o chão do recreio, alegando que a Associação de Pais e Encarregados de Educação, em reunião com a CML, JF Arroios, Direção de Agrupamento e de Escola, tinha “decidido que a manutenção do material do pavimento do recreio da escola constituia a melhor solução para os alunos”. Afirmam por fim que até agora não foram recebidas (por quem?) quaisquer queixas da parte dos encarregados de educação.

1º Esclarecemos em primeiro lugar que o Plano de Segurança é até hoje uma inexistência. Em meados de 2013, em reunião na CML com o Sr. Diretor Paulo Agostinho, foi-nos ditado exatamente o mesmo, mais tarde reiterado pelos vereadores Graça Fonseca e Jorge Máximo em Assembleia Municipal: o Plano está a ser concluído. Mas estava, está, e estará, até ver.

Chão com diferentes tratamentos

Chão com diferentes tratamentos

2º Informamos também que a APEE nunca afirmou aceitar o material do chão e disso são prova as 3 zonas de experiência de afagamento do chão realizadas pela própria CML. Fomos informados pela CML que iria ser feito um compasso de espera para verificar se a utilização do recreio pelas crianças e o efeito climatérico (chuvas) poderiam afetar o piso de forma a diminuir os danos que o chão causa.

3º Ao longo do tempo recebemos muitas queixas, várias acompanhadas de fotos, com os ferimentos que o chão provocou nas crianças e os estragos materiais causados (calças, ténis..). Essas mesma queixas foram relatadas pelos Pais do Leão tanto à Câmara Municipal de Lisboa como à Assembleia Municipal. Os vídeos das sessões estão disponíveis no nosso site e são públicos.

4º Estamos naturalmente incrédulos com o teor da resposta da CML assinada pela Vereadora Graça Fonseca porque não considerávamos possível que a CML mentisse deliberadamente como forma de “concluir” obras em escolas, nomeadamente quando se referem a questões de segurança de crianças de uma escola de 1º ciclo.

De facto assumimos um erro – da APEE – o erro de acreditar que a CML estava realmente interessada em resolver o problema do chão e garantir a segurança das crianças. O “compasso de espera da CML” foi então um forma de “concluir” as obras.

Naturalmente iremos agir e não aceitamos esta “conclusão” de obras no chão do recreio, como não aceitamos que a vereadora da CML justifique a não realização de obras por qualquer intervenação por parte da APEE – Pais do Leão.

5º A recomendação foi proposta pelo grupo municipal do Bloco de Esquerda foi aprovada em unanimidade por todos os grupos parlamentares municipais, e pode ser lida aqui (http://www.am-lisboa.pt/302000/1/002911,000075/index.htm).

6º Disponibilizamos a Resposta CML – Recomendação nº 9_73Escola EB1 Leão de Arroios, que naturalmente merecerá a nossa atenção e um novo posicionamento da nossa parte.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s